Carnaval de rua de SP terá 391 blocos e restrição de horário

O carnaval de rua de São Paulo terá 391 desfiles de blocos e dois palcos  culturais no Anhangabaú e no Largo da Batata, de 17 de fevereiro a 5 de março. Este ano, a prefeitura determinou horários para a dispersão dos blocos, de acordo com a região onde se concentram: às 19h30 na Vila Mariana, às 20h em Pinheiros, às 21h na Lapa e até as 22h na Sé.

A região da Sé receberá o maior número de blocos em 2017, com 119 grupos de carnaval de rua, seguida de Pinheiros (89), Lapa (31), Vila Mariana (24) e Santana (17). Alguns blocos se apresentam mais de uma vez. 

Segundo informações da prefeitura, haverá 14 mil banheiros químicos espalhados pelos locais por onde os blocos passarão e cerca de 1,5 mil funcionários trabalharão na limpeza das ruas. Oito mil ambulantes foram credenciados e receberão kits de venda com colete, credencial e isopor. A vistoria e apoio será feita por 385 da prefeitura e do patrocinador.

Para o atendimento de emergências médicas serão montados 48 postos e disponibilizadas 365 ambulâncias de remoção e 209 ambulâncias com Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Além do horário, a prefeitura de São Paulo também decidiu limitar o número de foliões nos blocos de rua da cidade. A restrição, no entanto, será cumprida com base no “bom senso”, segundo o secretário municipal de Cultura, André Sturm. “O limite de pessoas na Vila Madalena vai ser dado pelas próprias pessoas no local. Não haverá muro, cordão de isolamento, controle, ninguém vai contar número de pessoas. Esperamos que o bom senso mostre as pessoas que não dá mais para entrar e que elas devem ir a outros blocos.”

Com informações da Agência Brasil



Fonte da notícia em: Jornal De Turismo
Compartilhe

Comentários



Mais Notícias: